Exit

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Jeremias 17:9

Nada é mais enganoso que o coração humano. Ele é egoísta, orgulhoso, emotivo e vai contra o coração de Deus. Muitos estão enganados e sofrem devido às consequências das decisões tomadas guiadas pelo coração corrupto.

Aprendamos com Uzá, Davi e Obede-Edom. Todos criam em Deus, mas cada um tinha uma classe de coração diferente.

“Quando chegaram à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus e a segurou, porque os bois tropeçaram.” 2 Samuel 6:6

Primeiro Grupo: Os bem-intencionados

Uzá era um homem que se destacava na sua época, que tinha fé em Deus e boas intenções. No entanto, ele cria em Deus à sua maneira. Ele acreditava que a Arca de Deus (que representa a Presença de Deus) precisava de uma mão, da ajuda dos homens. Quando os bois tropeçaram, ele deixou-se levar pelo que viu e estendeu a sua mão, e ao deixar-se enganar pelo coração, tocou na Arca.

O mesmo acontece com muitos evangélicos que são enganados pelo seu coração. Sentem-se bem, mas não praticam o que ouvem (outros não entendem o que ouvem). Muitos pensam “vou fazer um favor a Deus”. Deus não precisa de favores. Orar, ler a Bíblia, buscar a Deus, dar o dízimo, ofertar, ir à Igreja não são favores que fazemos a Deus, mas a nós mesmos. São favores para a nossa alma. Mesmo que não cometa nenhum pecado até ao fim da sua vida, não poderia pagar o que Jesus fez por você.

“Então, a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta irreverência; e morreu ali junto à arca de Deus.” 2 Samuel 6:7

A Arca de Deus foi usada para libertar o povo da escravidão. A Sua presença abriu o rio Jordão. As muralhas caíram quando foram rodeadas pela Arca. O povo de Israel venceu 7 nações mais poderosas guiados pela Arca. E porquê este homem não foi livre? Porque Deus não se agrada apenas das boas intenções, Deus agrada-se da fé.

O inferno está cheio de pessoas com boas intenções. As igrejas também estão cheias de pessoas bem-intencionadas, porém, apesar das boas intenções, eles estão caídos e mortos. Desanimados, prostrados, e, mais cedo ou mais tarde, sairão da Igreja.

Este grupo de pessoas é enganado pelo coração, pois o mesmo é religioso. Elas deveriam ser sinceras com elas mesmo e com Deus: “Deus, Tu não precisas que Te ajudem, mas eu preciso de Ti. Preciso do Teu amparo”.
São reprovados porque não assumem e nem usam a fé. Se Uzá tivesse usado a fé, ele não teria morrido.

– Eia!

Bispo Júlio Freitas
Te vejo no Altar ou nas Nuvens

Deixa o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

2 comentários

  1. Comment by Karla

    Karla Responder 8 de Agosto 2018 as 15:29

    Preciso aprender a usar a minha fé de maneira inteligente.

  2. Comment by Tatiane Bastos

    Tatiane Bastos Responder 7 de Agosto 2018 as 02:43

    Muito interessante este post. abriu a minha mente, pra que cada dia eu venha agir mais a minha fé com as coisas que ´DEUS.

Close
Go top