Mensagens

7 passos para a “desintoxicação das dívidas
(6º e 7º)

24 de Fevereiro 2011

7 passos para a “desintoxicação das dívidas
(6º e 7º)

Para vencer as dívidas é preciso um “tratamento de desintoxicação”, pois a dívida não se gera somente pela falta de dinheiro, como também não se perpetua pela falta dele. Então, o que fazer? Onde ir? Com quem contar?

1º Projectos frustrados são projectos mal planeados

Um projecto, acima de tudo, implica um momento de concepção da parte do(s) interveniente(s), no entanto, a motivação e a coerência no caminho a percorrer também são importantes, pelo que o projecto deve estar de acordo com os valores e princípios que regem a sua conduta na vida. Avalie as suas necessidades e interesses e se o projecto vai ao encontro das suas aspirações. Outro aspecto a avaliar é se reúne condições ou recursos para levar a cabo o projecto? Se os seus projectos têm sempre fracassado é porque algum dos passos enunciados têm sido mal planeado. Por isso, faça tudo com cuidado, revendo sempre os seus passos.

2º O erro mais grave: esperar!

Esperar, sem nada fazer, é como ver um navio, lentamente, a afundar-se e lembre-se que, neste caso, este navio é a sua própria vida. Existe um problema muito grave com as dívidas, que é o seguinte: se você nada fizer, a única coisa que verá será elas a acumularem-se na sua vida e, quanto maior for a pilha, mais difícil será sair delas. Por isso, faça alguma coisa, mexa-se! Tente complementar actividades extraordinárias com a principal que desempenha, de forma a que o ajudem a sanar as suas dívidas.

3º Ignorar o próprio potencial

Você tem um ou mais talentos, tenha plena consciência disso! A questão é: o que é que tem feito com ele(s)? Muitos duvidam dos seus talentos por desconhecerem quais são ou como aplicá-los de uma forma prática. Para isso, não há nada melhor do que explorar o seu potencial e creia que, habitualmente, este reside em algo que você goste de fazer. Por isso, comece por aí, tente maximizar os seus talentos, começando por fazer o que mais gosta. Gosta de cozinhar? Sabe aquele prato ou doce que mais ninguém faz como você? Faça-o por encomenda. Acredite que há um mundo por explorar, desde que você escolha não ignorar a sua melhor arma no combate às dívidas: VOCÊ!

……………………………………………………………………………………………………………………

4º Construir ou esperar o sucesso?

Só uma pessoa enriquece de forma sólida através de um passe de mágica: um ilusionista. Por isso, se quiser aguardar que o sucesso bata à sua porta seja livre de o fazer, mas se, pelo contrário, quiser já estabelecer um avanço, comece, hoje mesmo, por construir uma vida bem-sucedida. A probabilidade de você ganhar no euromilhões é de 1 em 76.275.360, por isso, aposte numa probabilidade maior, que é a de você conquistar uma vida direccionada para o sucesso através de um planeamento sólido dos seus projectos e, acima de tudo, de colocá-los em prática.

5º “Sou pobre” ou “estou pobre?”

Você poderá não achar, mas existe uma grande diferença entre estas duas expressões. Dizer “sou pobre” e dizer “estou pobre” revelam duas mentalidades ou estados de espírito bem distintos. Uma pessoa que alia o verbo ser a qualquer expressão ou adjectivo, acredita que aquele estado a caracteriza, é aquilo que ela é e dificilmente irá mudar. Já quando a mesma pessoa utiliza o verbo estar, acredita que a situação vivida é apenas um estado momentâneo, uma fase da vida, e que será ultrapassado. Os obstáculos existem, estão ali, mas serão superados apenas se olharmos para eles como algo a ser ultrapassado e não como identificadores da nossa personalidade.

……………………………………………………………………………………………………………………

6º Crescer em tempo de crise: estratégia ou loucura?

É tema mais do que propagado em época de crise: o que para muitos é um beco sem saída, para outros é uma oportunidade de crescimento. É nestes momentos de crise, de dificuldade financeira ou até mesmo de falta de perspectiva, que devemos ficar atentos ao que realmente sentimos e às saídas que a vida nos mostra. Às vezes, as oportunidades ficam ocultas pela nossa inércia, pelo desespero ou até mesmo pelo medo.

Para transformarmos a crise em oportunidade precisamos de: Discernimento – para separarmos as crises reais das imaginárias e distinguirmos o “simplesmente mudar” do “mudar para melhor”; Flexibilidade – para aprendermos a superarmos os obstáculos, mesmo quando confrontados com os argumentos mais sólidos; Ousadia – para tentar e arriscar; Criatividade – fazer diferente para evoluir; Coragem – para dominar o medo, para realizar escolhas, para abdicar da estabilidade infeliz, para combater a hesitação e a acomodação.

7º A solução está sempre “dentro de casa”

O pior que você pode fazer quando está endividado é criar mais dívidas para tentar resolver as outras. E muitos fazem isto, invocando estar a tentar resolver o problema da melhor maneira que sabem. Mas antes de “procurar lá fora” pela solução desejada, veja a “matéria-prima” com que pode trabalhar sem arranjar mais dívidas. Olhe para si e para o que tem para oferecer. Você é um produto à espera de um marketing eficaz e a primeira pessoa a acreditar nisso tem que ser você mesmo!

Por seu servo em Cristo, Bp. Júlio Freitas


16 comments
  1. Pr.adilson alves

    Temos visto nos dias de hoje muitos desacreditando da alavanca espiritual que é a palavra de Deus, onde Ele usa exemplos de pessoas que não tinham esperanças e Deus coloca alguem para dizer que: Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação Habacuque 3:17-18. Assim como Deus tem usado o bispo para que muitos possam se dispertar de um falencia espiritual e desacretitando que tem parte do sol que brilha nesta terra. Posso dizer que cada um tem que buscar todos os dias o melhor. Na referencia acima representa uma crise, mas que diante dela não devemos desanimar. Parabens pelo trabalho e que todos possam ser abençoados por Deus

  2. Rui Loureiro

    Bispo o 6 e 7º passos para a desintoxicação são nos dias que correm algo de necessário e que traz a receita do sucesso absoluto. Eu recordo enquanto escrevo estas palavras, vários marketings de sucesso que incitam o público alvo a consumir o produto ou serviço ali apresentado, e principalmente porque cada dia mais se inova na forma de apresentar aquilo que estamos a promover.Acredito que será o crédito que damos a nós mesmos uma das fontes principais que trará o sucesso e reconhecimento do nosso produto e não são poucos os que têm investido em campanhas publicitárias que passando á expressão, "nem ao diabo lembrava".Quanto ao apostar em algo em tempos de crise apenas quero dizer o seguinte: Alguém terá que fazer essa aposta, se não for você, quem o fará? Os pioneiros são aqueles que mais conquistam porque o que estão a apresentar é algo nunca visto, por isso invista, desenvolva e estabeleça-se porque verá os frutos da sua coragem e intrepidez...

  3. Doralina Leite Ferreira

    É muito interessante: aprendi muito. Costumamos não planejar nada. Fazer tudo como queremos, não é mesmo? E qual o resultado? "DÍVIDAS". Porque não queremos andar com nossos pés e sim com os pés dos outros "INVEJA" Se fulano pode, eu também posso. Ai é que tá: Entramos em depressão. Não sabemos ver sem desejar. Muitas vezes voamos e logo persebemos que não temos assas. Estamos de pé, mas, não sabemos andar. Ai gritamos: "Cadê esse Deus que não me ouve, e ai por diante". Mas, quaõ pouco olhamos pra nós mesmos, a fim de entender que o errado somos nós.

  4. Madrino Ventura

    Boas SR.Bp.Júlio, Gostei bastante deste estudo sobre as dividas. Deus abençoe o Sr. Cada vez mais. Forte abraço

  5. Boas Sr.Bp.Júlio, é muito Forte este artigo sobre as dividas. gostei bastante. Que Deus continue usando mais e mais para despertar a fé dos que se encontram caidos e sobrecarregados. Forte abraço

  6. MARIA AP.CAMILO

    ADOREI OS COMENTÁRIOS KUANTO AO "NOSSO DEUS E NOSSAS VIDAS" OBGD POR TD KE ENSINA,ESSE É O NOSSO DEUS!!! E O BISPO REALMENTE É UM HOMEM DE DEUS. OBRIGDO POR PASSAR A REAL E PERFEITA VONTADE DO NOSSO DEUS.

  7. Débora Batista Assunção

    Bom Dia Bispo, As vezes nós mesmos que causamos alguns problemas financeiros para nós, e as vezes ficamos perdidos sem saber o que fazer para solucionar os problemas, esquecemos que todos temos talentos e se usarmos ele Deus nos ajudará a resolver tudo,Basta colocar o talento que ele nos deu em prática,obrigado por me ajudar, eu tenho tantos talentos para por em prática e resolver um problema que depois de ver e planejar já não acho que esses problemas sejam tão grandes.Que Deus abençoe o Sr.

  8. Patricia Alvarenga de Albuquerque

    ola Bispo a alguns meses tenho lido os seus ensinamentos e o que eu mais aprendi com o senhor é ser mais humilde essa virtude tenho visto e aprendido com o senhor,e atraves disso aprendi a ter um novo coração, um coração de serva. Que o Senhor JESUS use o senhor cada vez mais a nos ensinar a servir. DEUS o abençoe e sua esposa tambem conte comigo .............Patricia

  9. M lucia Rosa

    Importantìcimo! Muito obrigada Deus!

  10. murilo lins

    excelente, me abençoou muito.

  11. Olá Bispo, Excelente tópico! É realmente uma aula de como estar firme diante de um problema tão comum nos dias de hoje. Aguardando os outros passos... Um forte abraço, Carlos.

  12. Patrícia

    Penso que essa palavra se aplica um pouco a toda a nossa vida financeira e não só às dívidas. Por exemplo, se alguém quer abrir um negócio que esses passos que foram enunciados também servem :)

  13. Muito legal este tipo de tema Bispo, principalmente por que o que se fala mais hoje em dia é de dívidas e a crise. Se a pessoa quer ver uma mudança nos resultados, a mudança tem que vim de dentro dela primeiro! O mundo gosta de fazer as pessoas pensarem que o "bom e o melhor" não é para todos...mas é! É para todos! TODOS os que fazem o que necessário para alcançar o sucesso. E isto leva tempo. Para alguns leva meses, para outros anos e para outros VARIOS anos, mas quando a pessoa tem um sonho, o tempo para ela não é motivo para parar, é simplemente um sinal de que ainda falta algo do lado dela para ser feito. Isto aplica mais ainda para quem depende de Deus. A nossa fidelidade é a nossa certeza, se falta certeza, é porque falta fidelidade. Estarei a espera dos próximos passos, Bispo.

    • RUI

      Eu concordo Rafael, o que leva o seu tempo a estabelecer é mais fácil de garantir sucesso do que aquilo que é feito de um momento para o outro... tenho um exemplo muito prático para isso: Quando o padeiro faz o pão é importantíssimo que deixe a massa a levedar, pois é isso que faz o pão crescer... Ora assim deve ser os projectos da pessoa, claro que não digo que a pessoa deve deixar o projecto parado, mas deve dar o tempo para que cresça, ninguém pode esperar abrir a sua própria empresa seja em que ramo for e pensar que amanhã já estará consolidado no mercado, não! temos que continuar a trabalhar, dinamizar e inovar o nosso projecto para que a curto e a longo prazo seja um projecto do presente e futuro e que nele se possam ver grandes resultados...

  14. Olá Bp. Bom dia, Muito bom esse tema,vejo que é uma forma do mal aprisionar as pessoas, um dia passei por um problema assim, por questões familiares, foi muito ruim, me sentia presa e escravizada por isso, e quando tomei uma atitude mais firme e consegui sair dessa situação, a sensação foi de ter tirado um fardo bem pesado de mim...e um dia lendo a bíblia Deus me mostrou muitas coisas a respeito desse assunto...hj prefiro sempre comprar à vista, pois não sei o quê irá acontecer amanhã, muito menos no futuro, então seria vã fazer planos contando com algo que estou vivendo no momento...creio em Deus, porém com os pés no chão, sei que és o Deus do impossível, porém hj tenho uma fé inteligente. Obrigada, pelos ensinamentos.

  15. Uma das piores coisa que as pessoas enfrentam são dívidas , quando não tem direção de Deus para resolvê-las , isso se torna-se como uma grande bola de neve . Já passei por isso e só conseguí vencer quando pude praticar a organização financeira aliada a fé em Deus , ai sim dá certo ! Não adianta ficar empurrando pra frente a situação, tem que encarar , abrir mão de algumas coisas desnecessárias no momento e priorizar as dívidas ; se for uma dívida somente, juntar o dinheiro e quitar a vista , se forem várias , ir pagando uma a uma conforme a condição !

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.