Mensagens

Deveres e Obrigações vs Direitos e Privilégios

5 de Setembro 2010

Deveres e Obrigações vs Direitos e Privilégios

A justiça é tão necessária na vida do ser humano que Cristo chegou a comparar a justiça à comida e à bebida (necessidades básicas), quando disse: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça” (Mt 5.6).

Qual é a sua injustiça? Eu não sei, mas Deus, que é justo juiz, julgará a sua causa e fará justiça, se você for justo também com Ele, materializando a sua fé, mostrando que a sua confiança não é mental, não é verbal, nem emocional, mas real.

Você será justificado pela acção da sua fé na promessa de Deus, que diz: “Ele fará justiça aos seus escolhidos”. E você é um escolhido de Deus! A prova é que você crê que a injustiça não provém de Deus. E a injustiça é tudo aquilo que o impede de ser feliz.

Assim diz o SENHOR: “Mantende o juízo e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e a minha justiça, prestes a manifestar-se” (Isaías 56.1).
Se uma pessoa já sabe quais são os seus direitos, então, ela deve lutar pelos mesmos, usando a fé nas promessas de Deus, fazendo a sua parte.
Se temos o nosso juízo perfeito, então, não abrimos mão dos nossos direitos.
Se uma pessoa vive como o ímpio, vai perecer como o ímpio, mesmo conhecendo a justiça.
O que nos justifica diante de Deus é o uso da nossa fé, materializada com atitudes práticas.
Basicamente, define-se justiça como a virtude de dar a cada um aquilo que é seu. Nenhuma nação pode considerar-se como tal, se não houver justiça dos seus governantes. E não há justiça sem leis.
Na Sua infinita sabedoria, Deus instituiu leis e regras de conduta para que o Seu Reino pudesse ser estabelecido.

Nos reinos deste mundo, os seus cidadãos têm de obedecer às suas regras, independentemente do retorno de justiça por parte das autoridades. Muitas vezes, são impostas obrigações sem nenhum benefício e isso tem provocado uma série de deformações sociais, ao ponto de se colocar em questão a existência da própria justiça. Mas o mesmo é impossível acontecer em relação a DEUS, pois no Seu Reino não pode haver injustiça.

É obvio que aqueles que vivem no Seu reino têm deveres e obrigações, porém, também possuem direitos e privilégios.
A Palavra de Deus que nos tem orientado a consciência de vivermos longe da iniquidade também tem prometido justiça e bênçãos para aqueles que crêem.
As promessas de Deus somente são materializadas na vida daqueles que têm correspondido e materializado a sua fé na Sua Palavra. Não basta ter o conhecimento da mesma, é necessário viver na Sua prática.

Por seu servo em Cristo, Bispo Júlio Freitas


5 comments
  1. ju

    Verdade bispo ! De que adianta saber e não praticar? Graças porque temos um Deus justo ...

  2. Eliane de Jesus

    A fé sem obras é morta, essa postagem nos fala muito claro sobre isso, e mais uma vez nos é reforçado de que eu só mostro o que esta dentro de mim com atitudes, Deus sabe quem eu sou, sabe do que sou capaz, mas Ele me orienta a ir para o altar sem reserva, pra que eu me conheça, saiba de verdade quem eu sou e se o que eu confesso com meus lábios consigo materializar com atitudes de fé.

  3. Edilene Oliveira

    Esta mensagem fortalece ainda mais meus estado de fé e a minha revolta se acende ainda mais contra as injustiças. Creio que mostrando minha fé materializada Deus fará justiça na minha vida.

  4. Rafaela Saraiva

    Esse post me mostrou que não devemos apenas saber o que jstiça nos temos que ser justos em tudo ...Pois a Justiça de Deus só se manisfesta em nossas vidas quando obedecemos a sua palavra.

  5. Ana Paula

    Vivemos em Mundo tão injusto mas a fé prática pode mudar tudo isso Pq o nosso Deus é justiça

Deixe um comentário

Responder a Ana Paula Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.