Blog Mensagens

O 3º maior poder do ser humano: Fé-Sacrificial

4 de Maio 2020

O 3º maior poder do ser humano: Fé-Sacrificial

Amar quem nos ama é fácil, e um dever, e não uma característica que evidencia a fé, pois até os incrédulos fazem isso.

Contudo, amar quem nos odeia mostra o caráter Divino no ser humano, pois envolve renúncia, contrariar os nossos sentimentos, sacrifício.

O amor sacrificial é extraordinário, por isso, merece respeito e recompensa Eterna. Os religiosos e hipócritas jamais conseguirão amar assim, pois esse tipo de amor é sublime, vem da fé, isso é demais para quem vive de aparências e de teorias.

Veja no Evangelho de Lucas 6.32:

“Se amais os que vos amam, qual é a vossa recompensa? Porque até os pecadores amam aos que os amam.”

O que fazemos, como o fizemos e oferecemos, revela o nosso tipo de fé, seja ela social (Religiosa) ou sacrificial (Verdadeira). Veja no Evangelho João 12.3:

“Então, Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, mui precioso, ungiu os Pés do Setor Jesus e Os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se toda a casa com o perfume do bálsamo.”

A pureza e a quantidade daquele nardo expressavam a fé-sacrificial e a vida de Maria por inteiro aos Pés do seu Salvador. Isso significa que, ao derramá-lo aos pés de Jesus, ela entregou o seu sonho e o seu futuro definitivamente a Ele.

Era costume as mulheres naquela época juntarem o nardo durante a sua juventude, adolescência e vida adulta, para uma ocasião muito especial ou de extrema urgência… Maria guardava suas economias em forma de perfume, a fim de utilizá-lo em suas bodas. No entanto, dentro dela nasceu o desejo de entregá-lo como oferta sacrificial ao Senhor, com a intenção de exaltá-Lo.

Para isso, ela foi capaz de se humilhar, pois, ao ungir e enxugar os pés do Salvador, ela feriu a cultura da época, que considerava depreciativo uma mulher livre e honrada tocar os pés de um homem. Além disso, não era comum para uma judia soltar os cabelos em público. Maria, porém, quebrou todo o protocolo e, sem palavras, expressou seu amor e devoção ao seu Senhor e Salvador. Ao agir assim, ela, silenciosamente, elegeu o Senhor Jesus como seu Marido, conforme diz o Texto: “Porque o teu Criador é o teu Marido (…)” (Isaías 54.5). Extraordinário!!!

O ato de fé-sacrificial de Maria foi tão extraordinário que o aroma do perfume se estendeu além do que ela pôde imaginar. Maria ofertou ao Senhor Jesus o seu tesouro, e seus cabelos, suas mãos, sua casa e as demais pessoas ficaram impregnadas com a fragrância, porque afirma o texto Bíblico: “Encheu-se a casa…”. Isso nos faz ver que os efeitos da fé-sacrificial não se limitam ao momento em que é praticada, mas se espalham a todos ao redor, nos abençoa no presente e nos permite alcançarmos a Eternidade.

— No Evangelho de Lucas 9, o Senhor Jesus deixou bem claro a diferença entre a fé-social e a fé-sacrificial, veja:

“23 E dizia a todos: Se alguém quer vir após Mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-Me.

24 Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de Mim, perder a sua vida, a Salvará.

25 Porque, que aproveita ao homem granjear o mundo todo, perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo?”

Qual fé você vai assumir: A fé-social ou Fé-sacrificial?

Toda a leitura convida à reflexão e as suas considerações sobre esta mensagem são muito importantes para nós. Então comente, pois, a sua visão pode ajudar a outros.

Leia também:
3 MAIORES PODERES do ser humano
O 2º maior poder do ser humano: DECISÃO

Te vejo na IURD ou nas Nuvens!
Bjf


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.