Mensagens

Os desertos dos servos

1 de Maio 2019

Os desertos dos servos

DEUS LEVOU ABRAÃO AO DESERTO… E hoje não será diferente connosco… mas, por que motivo Deus faz isso? Qual a razão?

NO DESERTO:
1º Foi lá que Abraão ouviu a Voz de Deus pela 1ª vez, quando Ele o chamou (Gn 12.1)
É nesses momentos difíceis que Deus quer falar connosco, para nos dar uma direção e nos chamar para fazer algo grande.

2º Abraão teve que ir e cruzar um deserto pela fé! (Gn 12.4)
Todos nós iremos cruzar um deserto e vencer com Deus… ou ficar a meio do caminho! Não tem volta! É confiar e ir até ao fim.

3º Faraó quis ficar com a esposa de Abraão! (Gn 12.15)
Ele correu um grande risco neste deserto, mas Deus o defendeu do espírito de separação! Sara não cobiçou a riqueza de Faraó e nem Abraão. A cobiça hoje é o motivo da queda de alguns.

4º Abraão enfrentou exército de 9 Reis! (Gn 14.17)
Todos os dias enfrentaremos barreiras, o inferno, e é nos desertos que eles vêm com tudo! É lutar ou desertar! Abraão lutou e venceu.

5º Foi no Deserto que Deus fez aliança com Abraão! (Gn 15.18)
Ali mostramos quem somos e Deus viu a fidelidade, a obediência de Abraão. Houve ali uma junção, um casamento espiritual e é isso que Deus quer ver e fazer hoje.

6º Foi no deserto que Deus o provou e aprovou! (Gn 22)
Abraão aprendeu a obedecer com a dor do sacrifício! Aprendeu a priorizar o Altar e Deus o provou para o aprovar!

7º Foi no deserto que o seu sonho se realizou! (Gn 22.12 e Gn 24.1)
Ele se viu realizado por Deus não nos momentos bons, mas na dificuldades, e dali surgiu o seu filho Isaque: A PROMESSA.

8º Foi no deserto que Deus mudou tanto a sua identidade, como a de sua esposa. (Gn 17.5 e 15)
ALI NAS DIFICULDADES DO DESERTO DEUS O ENGRANDECE E MUDA SEU NOME. Temos que confiar n’Aquele que nos chamou, pois Ele é Fiel.

9º O CONSELHO DE DEUS (Isaías 51.2)

“Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque era ele único, quando eu o chamei, o abençoei e o multipliquei.”

CADA UM DE NÓS SOMOS “1”, MAS, SE EU CRER QUE DEUS ME CHAMOU E QUE ME ABENÇOOU, ELE VAI-ME MULTIPLICAR NESTE MUNDO AFORA, ONDE EU ESTIVER.
(Os discípulos, A Igreja)

ABRAÃO E SARA PASSARAM TUDO ISSO NO DESERTO

E hoje tem gente que quer andar com Deus na maciota, na mordomia, quer fugir do calor do deserto, pois só quer sombra e água fresca. Seja um membro, pois, quem faz a Sua Obra no átrio e no Altar vai ser levado ao deserto, como foi Abraão e tantos outros.

“A tempestade faz o marinheiro, a guerra faz o soldado, mas, aquele que é de Deus, é formado no deserto.”

“Pois o SENHOR, teu Deus, te abençoou em toda a obra das tuas mãos; ele sabe que andas por este grande deserto; estes quarenta anos o SENHOR, teu Deus, esteve contigo; coisa nenhuma te faltou.” (Dt 2.7)

Anterior

1 Maio

Seguinte

Momento de Oração


One comment
  1. Verdade, um reconhecimento de um soldado é conhecido por grandes lutas e suas vitórias, não é diferente com os servos de Deus, o seu reconhecimento serão às suas bençãos neste mundo e a grande Vitória, a Salvação Eterna!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.